novembro 18, 2011

Vai entender...

Eles eram bons pais, mas tinham um segredo que não contavam a ninguém. Porém, quando o filho do casal ficou grande o suficiente para entender tudo pelo que os pais passaram chegou a hora de revelar o segredo. De antemão os pais procuraram bons psicólogos e se prepararam para as mais variadas reações que o filho podia ter. Em uma tarde de sábado, sentaram-se os três na sala de estar e foi o pai quem iniciou o assunto.

Filho, guardamos um segredo há muito tempo, mas agora que você já é quase um adulto, achamos que é hora de contá-lo para você. Quero que nos desculpe por ter guardado esse segredo por tanto tempo, mas queríamos que você fosse suficiente maduro para poder entender por que guardamos o segredo e possa tomar a melhor decisão sobre o que vai fazer depois que souber de tudo...

O filho ficou aflito.

O pai continuou quero que você saiba que eu e sua mãe estaremos com você sempre, independente da decisão que tomar!

O filho estava visivelmente assustado.

O pai respirou fundo filho, nós não somos seus pais biológicos. Você foi deixado na soleira da nossa porta com uma carta que nos pedia para tomarmos conta de você.

Os olhos do filho se arregalaram.

Os pais esperaram por sua reação.

O filho se levantou.

Pai e mãe se abraçaram esperando.

Incrível! o filho gritou e minha carta de Hogwarts, já chegou?

Geração Harry Potter... tsc..tsc... Eu também faço parte dela!



PS: Ainda esperando por minha carta! (Brasileiro - Não desiste nunca!)

novembro 08, 2011

[Especial - Harry Potter 7] Cenas Deletadas

Após a exibição o último filme da série, o que os fãs mais querem (pelo menos é o que eu quero) agora é ver que cenas deletadas vão estar nos DVDs!!

Depois de ver algumas fotos inéditas de Remus Lupin e Dora Lupin (née Tonks) no facebook de uma amiga, minha busca pelas imagens começou até que percebi se tratarem de um vídeo da cena deletada em que eles se encontram em Hogwarts durante a batalha. Fiquei de coração partido pela cena ter sido deletada... Mas imagino que eu iria chorar duas vezes mais se a cena em questão tivesse ficado no filme!

Essas são algumas imagens da cena:

Abaixo das fotos está o que eles dizem na cena (tradução livre).


Remus: You shouldn't have. (Você não deveria)


Remus: It's Teddy who needs you. (É Teddy que precisa de você)


Dora: He'll sleep until dawn. And snore like his father. 
(Ele vai dormir até o amanhecer. E roncar como o pai)


Dora: It's you who need me tonight.(É você que precisa de mim essa noite)

Owww...... morri!! É muito lindo o romance desses dois!! *.*

Esse é o link do Youtube: Remus and Dora Deleted Scene

A cena é uma montagem feita com o que foi para a edição final do filme, mais a parte deletada. É como se a cena nunca tivesse sido cortada!

Agora é esperar e torcer para que esta e outras cenas estejam nos DVDs lançados no Brasil!

novembro 05, 2011

Bruxos brasileiros?

Estava selecionando algumas fotos da viagem que minha tia fez a Recife para ela revelar, quando me deparei com essa foto do Instituto Cultural Banco Real:


Notam alguma semelhança com um certo banco que fica no Beco Diagonal?

novembro 01, 2011

[Happy Birthday!] Natalia Tena

Hoje é aniversário da Natalia Tena! Ela é uma atriz britânica, de ascendência espanhola, cujo um dos papéis mais conhecidos é o da bruxa Dora Tonks (Nunca a chame de Nymphadora!).



Membro da Ordem da Fênix tem sua primeira aparição na série Harry Potter no 5º filme como a bruxa divertida de cabelos coloridos.


Sua participação não é muito explorada nesse filme, nem mesmo nas sequencias. Nos livros Dora Tonks também tem apenas uma pequena participação, mas eu fui me afeiçoando a ela à medida que seu amor por Remus Lupin, meu personagem favorito, foi sendo mostrado. Não foi um romance simples, Lupin não aceitou de início, mas as coisas terminaram bem, ou não... (quem viu os filmes, sabe como a JK Rowling resolveu terminar a história. Para mim terminou de outra forma, mas aí já é uma fantasia pessoal... fora dos livros), mas não vou contar detalhes desse romance! Leiam que é bom!


O trecho abaixo fala sobre Natalia e pode ser encontrado no livro Harry Potter - Film Wizard:
Nascida um dia depois do Halloween, Natalia Tena amava histórias de bruxa quando era criança, e gostava de acreditar que bruxas a tinham deixado à porta de seus pais quando era um bebê. “Quando fiz 18 anos,” Natalia sorri, “ao invés de um bolo, minha mãe me comprou uma vassoura!”.

Não é surpresa, que, Natalia tenha realmente adorado representar uma das mais jovens membros da Ordem da Fênix. Aparte ao seu fascínio por bruxas durante sua infância, Natalia se identifica com a habilidade de Tonks de mudar sua aparência física. (Tonks é uma metamorfomaga). “Desde os meus 13 anos, até agora,” diz Natalia, “eu já tive meus cabelos de todas as cores - preto, vermelho, azul, verde - eu sinto que o seu cabelo pode refletir o seu humor”.

“Ela é muito brincalhona”, Acrescenta Natalia. “Em determinado momento, ela está fazendo as crianças rirem alterando sua aparência para a de um porco. A situação é suficientemente séria, então Tonks pensa: ‘Porque deixar as coisas piores? Vou piscar para você, sorrir e me transformar em um pato fazendo a noite um pouco melhor’. Sempre morte e Voldemort!” ela ri. “Vamos relaxar um pouco!”. (Tradução livre)




Natalia é vocalista da banda Molotov Jukebox. Composta por 6 integrantes, a banda é inovadora e mistura diversos estilos como cigano, samba, ska, dubstep swing, entre outros. Tudo em seu estilo inimitável. O som único da banda foi batizado de "Gyp-Step" e é garantia de fazer todo mundo dançar.


Eu já ouvi algumas das músicas da banda disponíveis no MySpace do grupo e confesso que adorei a maioria das que ouvi. É um estilo um pouco diferente do que eu gosto, (apaixonada por soundtrack), mas já adicionei aos meus favoritos pra ouvir enquanto navego.

Pelo que eu já vi em alguns sites, Natalia tem a mesma idade que eu, (talvez um ano a menos). Acho que ela é um dos adultos que melhor representa como foi Harry Potter em minha vida. Eu já era adulta quando li os livros, mas nem por isso deixei de aproveitar a viagem e achar tudo muito fantástico e divertido!

Fontes:
Harry Potter - Film Wizardry / Editora: Collings Design 2010
Imagens - Google Images

Gente... só mais uma coisinha.... perceberam um detalhes??? Hoje é 1/11/11 por isso resolvi publicar às 00:11!! Cabalístico não?? Muita sorte na vida da Natalia Tena!

outubro 17, 2011

[Resenha] Círculo Negro

“Até onde você iria para se fugir da sombra do seu irmão?” É essa a primeira frase com que a gente se depara assim que pega o livro, mas algo além dessa frase na capa chamou minha atenção. Circulo Negro (Darkhenge) de Catherine Fisher conta a história de Chloe, uma menina que após sofrer um acidente e ficar em coma, se encontra presa em um mundo totalmente estranho e a pergunta que acompanha o leitor é: Como Chloe voltará para casa se é que ela realmente sente vontade de voltar.

Enquanto a mente de Chloe está presa nesse mundo, vamos acompanhando a vida de sua família e principalmente de seu irmão Rob. Eles vão tentando seguir com seus afazeres, mas quem já vivenciou uma situação como esta sabe o quanto é difícil seguir com a vida quando estamos preocupados com a saúde de alguém.

O livro é de leitura muito fácil. Eu o li em praticamente “3 leituras”. Cada vez que eu abria o livro era difícil parar de ler. Eu amei a história e recomendo! Mesmo o enredo girando ao redor da relação, as vezes problemática entre irmãos, e trazendo a recomendação de que todos que tem irmão deveriam ler, digo por experiência pessoal que aqueles que não tem irmãos devem ler também!

Meu primeiro encontro com esse livro foi em uma livraria a quase um ano. Na época me apaixonei por ele, mas não me lembrei de anotar o nome. Passei horas na internet tentando descobrir qual o nome dele e depois de uma exaustiva busca, o encontrei. Esse livro estava na minha lista de desejos pro Natal, até que um dia, na locadora de livros ele me achou. Encontro perfeito! Valeu a pena cada palavra lida!

Ficha:
Título: Círculo Negro (Darkhenge)
Autora: Catherine Fisher
Tradução: Artur Neves Teixeira
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 350

setembro 23, 2011

[Hoje é dia...] do Sorvete!

No Brasil, em 2002, a Associação Brasileira das Indústrias de Sorvete (ABIS) instituiu o "Dia Nacional do Sorvete". A data é comemorada todo dia 23 de setembro e foi criada com o objetivo de celebrar o início das temperaturas mais quentes do ano, já que é nesta época que o consumo de sorvete no país aumenta.

As mais antigas referências sobre as origens do sorvete incluem uma história sobre o imperador romano Nero (37-68), que teria mandado trazer neve e gelo das montanhas e misturá-lo com frutas, e outra do imperador chinês King Tang (618-697), que teria um método de combinar leite com água do rio.

De acordo com a coleção de cartões da cidade de Washington Magalhães, a produção do picolé no Brasil teria sido iniciada em Cataguases, Minas Gerais, no final do século XIX. Mas outras histórias dizem que o sorvete começou a ser confeccionado no ano de 1934, na cidade do Rio de Janeiro, quando chegou, vindo de Boston, um navio com um carregamento de pêssego natural.


Para saber mais: Dia do Sorvete

Para dar vontade:








*Todas as fotos desse post foram retiradas do site: Favim.com

agosto 25, 2011

[Resenha] Woman in Black

Para quem ficou tendo ideias mirabolantes ao ler o título, quero logo avisar que não se trata de uma versão feminina do filme Homens de Preto, mas sim de um filme de suspense (ou terror - depende do seu conceito pessoal sobre medo), baseado em uma das obras de Susan Hill de 1983.

Susan Hill, escritora Britânica nascida em 5 de Fevereiro de 1942 é autora de livros de ficção e não ficção. Algumas publicações suas são: The Enclosure, I'm the King of the Castle, The Bird of Night, The Woman in Black - A Ghost Story, The Pure in Heart, The Risk of Darkness, Shadows in the Streets entre outros.

O livro The Woman in Black publicado em 1983 foi a primeira história de fantasmas escrita pela autora e foi como um desafio para ela. No livro, ela conta a história de um advogado que recebe a incumbência de inventariar os bens deixados por uma mulher solitária após sua morte, mas que para isso precisa ir até a casa que ela deixou. O jovem advogado é avisado sobre fenômenos estranhos que acontecem na casa, mas resolve abraçar a empreitada, porém sem saber que tipo de ameaça o espera. Essa história se desenvolve em uma mansão antiga, construída em um lugar isolado, cercada por uma atmosfera completamente sombria. Barulhos estranhos, uma porta sempre trancada que se abre sozinha... Que segredo é guardado naquela casa? Eu li o livro e adorei! Espero que eles consigam levar para as telas a mesma atmosfera de suspense que a história tem no livro.

Susan Hill sempre gostou de ler histórias de fantasmas e estava impressionada pelo fato de só haverem histórias curtas sobre o tema. Ela escreveu o livro em 6 semanas durante suas férias de verão. O livro começou de forma modesta, no entanto em, um gole de sorte, o ator/autor Stephen Mallatratt pegou o livro em uma livraria de aeroporto durante uma de suas viagens. Ele estava procurando alguma história que pudesse ser adaptada para o pequeno teatro Stephen Joseph Theatre, Scarborough no Natal e ao chegar ao seu destino ele tinha a ideia para transformar uma história de fantasma em uma peça de teatro. A peça vem sendo apresentada desde 1989 e depois de estrear em Scarborough já foi encenada em quase todos os países.

Agora em filme, com lançamento previsto para Fevereiro de 2012 minha expectativa é grande sobre como esse história será transportada para as telas. Além de ser de um dos meus gêneros preferidos de filme, The Woman in Black também trás no papel do protagonista Daniel Radcliffe, cujo personagem mais conhecido é Harry Potter. Dan (para os íntimos... XD), já provou em outros trabalhos, que seu talento vai além da sua espetacular representação do menino bruxo (eu sei que ele cresceu, mas guardo com muito carinho a imagem daquele menino que vivia no quartinho embaixo da escada).


Agora é só esperar o lançamento do filme. Espero que seja tão bom quanto o livro e que tenha o mesmo final surpreendente! Não se preocupem, não vou contar o final, mas se eles foram fiéis à história vão pegar muita gente de surpresa!

Melhor eu parar, já estou falando demais!

É esperar pra ver!

[Ficha técnica]
Original: The Woman in Black (2012)
Livro de: Susan Hill
Diretor: James Watkins
Roteiro: Jane Goldman




Fontes:

agosto 04, 2011

Pottermore! Yeah!! I got my letter!

Ontem consegui uma coisa que eu achei que não fosse consegui!!
Por acaso entrei na internet e ao acessar o Twitter vi a notícia que o Pottermore estava aberto aceitando inscrições! Corri lá e decifrei a dica... e.... Consegui!!!!!!!! (meus sinceros agradecimentos ao @ScarPotter que postou o aviso!).

Recebi minha carta de Hogwarts finalmente!!!


julho 28, 2011

[Especial - Harry Potter 7] - It'll never really be an end

(*Contém Spoilers de Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2*)

Acho que este foi um dos meses de Julho mais emocionantes da minha vida. Não consigo nem lembrar se quando fiz 15 anos fiquei tão ansiosa quanto nesse Julho de 2011.

Desde o início do mês, começou a minha busca por um ingresso para a o dia da estreia. O cinema mais barato não queria vender os ingressos (não sei o porquê dessa política desse cinema de só vender ingressos no dia que o filme vai passar - acho péssima a ideia), e o que estava vendendo era caro e mais longe da minha casa. Conclusão, eu não aguentei esperar e comprei o bilhete no cinema mais caro e longe no dia 13/07 para a primeira sessão às 13hrs.

15 de Julho de 2011

Mal consegui dormir na noite anterior. Pela manhã, tentei me manter ocupada arrumando minhas coisas para não me atrasar e às 11h30min eu almocei e saí.

Graças aos horários de ônibus, que deixam a desejar, quase consegui chegar atrasada. Isso mesmo saindo de casa 1h30min antes do filme e indo para o cinema, que de ônibus, fica a 20 minutos da minha casa (o outro que é mais perto leva uns 5 minutos de ônibus, ou simplesmente posso ir a pé).

Não enfrentei file, mas a sala estava lotada. Ainda assim consegui pegar um bom lugar longe o suficiente da tela e no meio do cinema. Não consegui compara nada para comer ou beber durante o filme (agradeço ao sistema de transporte público da minha cidade - depois querem saber por que tanta gente usa carro particular - #revolta), mas isso não tinha a menor importância. Não achei que seria capaz de comer ou beber qualquer coisa com a ansiedade que eu estava.

O filme começou. O inicio foi a mesma cena do final de Relíquias da Morte - Parte 1. Na hora em que vi o símbolo da Warner não sabia se chorava ou se ria. A trilha sonora que acompanhava a cena era perfeita! Senti ainda mais a emoção de estar vendo o último filme da série. Acho que é exatamente isso que emociona mais em Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2.

É lembrar que quando vi Harry Potter pela primeira vez, eu tinha acabado de passar no vestibular (e que por causa de uma greve, minhas aulas começaram em Setembro!), que uma das minhas melhores amigas hoje eu conheci quando resolvemos ignorar os perigos da internet enviar nossos endereços uma para a outra para poder trocar figurinhas do álbum Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (até hoje não nos conhecemos pessoalmente... Espero que um dia isso aconteça!) e saber que de alguma forma a magia foi capaz de manter viva em mim a inocência e a alegria quase infantis (e de me fazer voltar a escrever em um momento que eu passei a rejeitar esse dom).

Eu não sei se posso me considerar geração Harry Potter (me agradaria muito poder me considerar assim), pois quando comecei a acompanhar a série eu já tinha 18 anos. No entanto, aprendi muito com as aventuras dele e acho que sua trajetória, e de alguns outros personagens, é uma das histórias de amor mais lindas que eu já li.

Pela primeira vez, depois de muito tempo, parece que alguém finalmente se lembrou de que Amor vai muito além do que a maioria das histórias ditas “de amor” mostra. Quem ouve a palavra Amor e apenas a associa a relacionamentos como namoro ou casamento, precisa reaprender o real significado e profundidade desse sentimento.

Chorei assistindo ao filme. Não achei que isso fosse realmente acontecer. Raramente eu choro. Aprendi durante muito tempo a esconder meus sentimentos (não sei o porquê), mas não consegui conter as lágrimas. Remus, Dora e Fred mortos, cenas da infância de Harry, a sequencia maravilhosa das revelações do Snape e a cena da pedra da ressurreição, me levaram praticamente aos soluços (e não fui a única, podia ouvis choro vindo de diversas partes da plateia). O discurso do Neville também me emocionou bastante.

Também houve momentos engraçados. Minerva McGonagall esteve ótima, como sempre! Não tem como não gostar dela nem como não rir de seus comentários quando ajuda a preparar a proteção do castelo. Neville provocando os partidários do Voldemort e depois tendo que fugir deles e Rony correndo do fogo maldito na Sala Precisa também foram ótimos momentos para secar as lágrimas com sorrisos.

Esse filme, no entanto, me deixou com a mesma tristeza e posso dizer, até certo ponto revolta, que o livro. Nada, nem nenhuma justificativa, me convencerão de que Remus e Dora deveriam ter morrido. Sei que mais personagens morreram, e isso me deixou triste, mas nenhuma morte me machucou tanto quando a de Remus Lupin e Dora Tonks.

Por serem recém-casados, pais de um menino recém-nascido (menino esse de nome Ted Remus Lupin que só foi mencionado durante a cena da pedra da ressurreição, sendo que seu nome nem foi falado), considero que a “vida” um tanto injusta com eles. Principalmente com Remus, que era desprezado no mundo bruxo por ser lobisomem e havia resistido por tanto tempo o direito à própria felicidade com medo de ferir os outros e morreu de forma tão precoce e brutal quando havia resolvido abraçar a chance de ser feliz.

O filme no geral foi bom. Quando assisti ao filme pela 4ª vez (sessão essa que fui com a minha mãe), ela sugeriu que no final, ao invés de mostrar o trio 19 anos depois, eles poderiam ter mostrado os bruxos reconstruindo Hogwarts. Concordo com ela! Teria sido bem legal!

Concordando com a maioria dos fãs, eu não acredito que este seja realmente o fim. Não porque a JK vá escrever mais alguma parte da história ou porque talvez haja algum outro tipo de produção relacionada, mas porque enquanto houver um fã que ainda se lembre, a magia continuará viva!

Exatamente como disse Remus John Lupin:

“É o grau de comprometimento que determina o sucesso e não o número de seguidores.”

julho 08, 2011

[Especial - Harry Potter 7] - Première: David Thewlis e Natalia Tena

David Thewlis (Remus Lupin) e Natalia Tena (Dora Tonks) ontem na première do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2 na Trafalgar Square, e Londres!




julho 07, 2011

[Especial - Harry Potter 7] - A última Première

Hoje aconteceu a última première de Harry Potter!

JK Rowling e grande parte do elenco compareceram na Trafalgar Square em Londres para a divulgação do filme e deram entrevistas e autógrafos.

Estou completamente empolgada com a chegada em apenas uma semana de mais um filme da série, mas só de pensar que será o ultimo meu coração se desfaz em pedaços... afinal não foram alguns meses, foram 10 anos na companhia de Harry, Ron e Mione. 

Uma caminhada de começou quando eu fui aprovada no vestibular, mas classificada para o segundo semestre e aceitei o convite de uma amiga para assistir um filme em uma tarde sem compromisso. O filme era Harry Potter e a Câmara Secreta. Sim, eu comecei pelo segundo filme. Mas logo após assistir simplesmente me apaixonei. Corri pra alugar Harry Potter e a Pedra Filosofal (em VHS...rsrs...) e enquanto esperava o terceiro filme sair no cinema, comprei os livros e fui devorando.

Mesmo gostando muito de ler, nunca tinha encarado um livro tão grande como Harry Potter e o Cálice de Fogo, e acho que nunca mais lerei algo tão extenso em tão pouco tempo. Daí em diante não parei mais. Li a série toda e perdi a conta de quantas vezes assisti aos filmes.

Harry Potter trouxe de volta uma coisa que eu estava perdendo à medida que crescia, minha infância. Hoje, com 27 anos, não tenho a menor vergonha de brincar e ser feliz. De dizer que gosto de Harry Potter e, se acontecer, sair chorando dentro do cinema porque acabou. Foi a minha sorte tudo ter acontecido na hora que aconteceu. Se não fosse pela JK Rowling e suas histórias, pode ser que hoje eu já fosse mais “adulta” e talvez tivesse envelhecido e perdido a vontade de pintar meus cabelos de rosa!

Vale a pena lembrar: Se você for jovem ainda, jovem ainda, jovem ainda, amanhã velho será, velho será, velho será! A menos que o coração, que o coração sustente a juventude que nunca morrerá!

Não é o fim afinal. Não enquanto houver quem acredite e se lembre! E eu vou me lembrar pra sempre!

Meus filhos vão ler Harry Potter!

Mais informações sobre a série:
Scarpotter
Oclumência
Potterish

junho 27, 2011

Minha Estação Favorita

Sei que a maioria não vai concordar comigo, ou talvez concorde. Mas o inverno é pra mim é a melhor estação do ano.

Nada como acordar de manhã e ter uma névoa gelada para nos acompanhar e no decorrer do dia o sol sair de maneira tímida dando a opção de aquecer quem fica sob ele e não incomodar aqueles que preferem ficar a sombra. Não gosto do calor excessivo do verão e dos hobbies a que ficamos sujeitos. Sempre os mesmos programas: piscina, praia ou churrasco (ou uma combinação deles) porque, cá entre nos suportar o calor de um dia de verão dentro de casa não é nada fácil, e fazer coisas como assistir um filme ou ler um livro ficam praticamente insuportáveis. Um cinema com ar condicionado é a única solução.

A moda também quando está mais frio é sempre mais elegante. E até certo ponto, mais fácil de adequar. Acho muito mais fácil sair de casa com várias peças sobrepostas do que ter que sair com uma saia ou um short. Não me sinto bem, e acabo passando o verão todo com calor, mas usando calças. No inverno eu posso escolher, porque mesmo se eu quiser sair com uma roupa mais curta, tudo que eu tenho que fazer é apelar para uma meia-calça por debaixo da saia ou mesmo para um casaquinho básico por cima de uma camiseta. Já no verão as opções são: saia com pouca roupa ou “morra” de calor.

Gostaria de morar em um lugar assim o tempo todo. Onde a temperatura máxima não ultrapassasse os 20ºC e houvesse chuvas ocasionais (a escassez de chuva no inverno é a única coisa que eu não gosto), mas que na maior parte do tempo permanecesse com o céu limpo e com o tímido sol. Acho que eu até aceitaria um pouco de neve (que na verdade é um dos meus sonhos).

Infelizmente sei que essa estação não vai durar pra sempre. Mas vou aproveitar cada instante dela.


junho 25, 2011

[Foto] - Tão fofos quanto os personagens!


Essa dupla super style são Natalia Tena e David Thewlis , Dora Tonks e Remus Lupin da série Harry Potter.

Adoro o Remus e a Tonks e acho que os dois atores foram uma ótima escolha para o papel!

junho 23, 2011

[Especial - Harry Potter 7] - Como era sua vida?

Vocês se lembram dessa foto?


Ela é do filme Harry Potter e a Pedra Filosofal!
Isso foi em 2001!! Naquela época...
  • Eu ainda estudava no 3º ano do ensino médio (logo não tinha nem 18 anos).
  • Não tinha computador em casa (na verdade foi nesse ano que ganhei o primeiro).
  • O sistema mais usado ainda era o Windows 98!
  • Disquetes eram muito comuns.
  • CD’s só serviam para gravar música.
  • Ah, e é claro, assisti ao filme em VHS porque aparelho de DVD ainda era muito caro!
Obrigada a quem me apresentou esta série maravilhosa!
Eu lembro direitinho quem, quando e como foi!

junho 20, 2011

Pottermore - O Anúncio

Daqui aproximadamente 2 dias e 13 horas, Jk Rowling prometeu fazer um anuncio para os fãs o qual nomeou Pottermore. Diversas teorias sobre o conteúdo do anúncio tem se espalhado pela internet. Cada uma mais mirabolante do que a outra, e eu resolvi criar a minha. Claro, fui longe demais e tenho que admitir que nem eu mesma acredito nela, mas... A se fosse verdade... Esse seria o anúncio perfeito em minha opinião:

23/06/2011 - Pottermore -
Olá. Sei que muitos esperavam por esse anúncio e venho hoje cumprir minha promessa de fazê-lo. O que tenho para dizer pode chocar muitas pessoas e aconteceu há vários anos durante uma viagem de trem. Quando fui perguntada sobre como criei toda a história disse que durante aquela viagem eu havia concebido boa parte da trama, mas essa não é toda a verdade.

O que aconteceu de fato é que naquela ocasião eu encontrei um rapaz de aproximadamente 15 anos e ele me pediu para eu contar a sua história, e me permitiu criar um final mesmo ele não tendo acontecido. Harry Potter me pediu para prevenir a todos sobre a grande batalha que se aproxima. Esqueçam o desfecho que teve a história. Tudo ainda está para acontecer.

Nos próximos 6 meses, várias pessoas com algum dom de magia irão receber uma carta convocatória (não compulsória) para o grande recrutamento que haverá para treinar o maior número possível de pessoas de todos os países para a iminente batalha. 2012 será o ano em que livraremos a Terra de todo o mal! Desculpem-me por ter escondido essa verdade por tanto tempo, mas essa foi a melhor forma que eu encontrei para apresentá-los ao mundo mágico sem criar pânico. Contamos com a ajuda de todos vocês! Juntos bruxos e muggles vamos salvar todo o mundo.
 ~ J.K. Rowling


Depois de um anúncio como esse só faltava a JK pegar sua varinha e desaparatar! Hahahahahahaha...

Como eu disse era uma “viagem” bem alta. Mas seria um tanto legal, principalmente se eu recebesse a carta! Ai...ai... Mas isso tudo é uma fantasia, criada pela mente magnífica de JK Rowling, que construiu um universo inteiro a partir de uma ideia! Ela não só deu vida a alguns personagens, ela também criou uma realidade alternativa com lugares e criaturas que aos olhos mais criativos parece ser real. No entanto, nos resta agora esperar para descobrir do que se trata.

Até lá...
Mischief Manage

junho 19, 2011

[Especial - Harry Potter 7] - Our Enemies

Faltam 25 dias para a estreia mundial de Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2 e eu não poderia estar mais ansiosa. Estou lendo HP e o Prisioneiro de Azkaban em inglês (pra treinar um pouquinho o idioma) e assim que terminar vou reler HP e a Ordem da Fênix (esse em português mesmo).

Fico triste com o fim da série, mas ao mesmo tempo fico feliz com a avalanche de boas lições que as histórias trouxeram a esse mundo que parece cada vez mais a beira do caos.

Neste último filme, o mundo de Harry Potter também está à beira do caos. Com “aquele que não deve ser nomeado” (o nome dele é um tabu no momento) prestes a dominar o mundo bruxo me peguei pensando em uma coisa: Será que desse jeito não é mais fácil?

Deixem eu me explicar.

O Harry, seus amigos e aliados vão se unir para lutar contra o “que não deve ser nomeado” e seus aliados e tentar salvar o seu mundo.

Nós, no entanto, somos atacados por todos os lados e das mais diversas formas. É evidente que a maioria das pessoas luta contra a violência, ou a desonestidade, mas geralmente quando um mal recai sobre nós, não tem origem na ordem de um ser específico como no caso do Harry. As raízes de um ato vil podem ser muito profundas originadas pela ação, de mais de uma pessoa, por isso é tão mais difícil prever estes atos e nos defender.

Assim dizem que é a vida real. Mas preciso confessar que às vezes tenho uma pontinha de inveja e gostaria de poder viver em um mundo onde junto com meus amigos eu pudesse lutar contra um grande vilão e que depois de sua queda todos passassem a viver em um mundo bem melhor!
Gostaria de aproveitar a oportunidade e comunicar ao Ministério da Magia que, apesar de não ter recebido nenhuma carta de Hogwarts, sou uma mulher corajosa, dotada de iniciativa e com muita força de vontade para aprender magia e ajudar no que for preciso.
Bom, enquanto aguardo a resposta do Ministério da Magia, vivo essa fantasia apenas na minha imaginação, torcendo para que a JK Rowling não tenha realmente terminado de contar a história!

maio 21, 2011

[Conto] - Destination Unknown



Essa é um conto que eu terminei te escrever e publicar no meu blog Universo Invisível.
Ele está dividido em 4 partes, mas está completo no blog!

Leiam e comentem!!
Para saber se sou uma boa escritora e em que preciso melhorar preciso saber a opinião de vocês!

maio 08, 2011

[Hoje é dia...] das Mães!

Todo mundo sabe qual é a melhor mãe do mundo...

É a minha, claro! ^^

Mas não propriamente a que me trouxe ao mundo, mas sim aquela que trouxe cada um de nós. Eu acho que a minha mãe é a melhor do mundo e cada um de vocês vão dizer que na verdade a melhor mãe do mundo é a sua. Nenhum de nós está errado. Afinal, quem nos entende melhor do que nossa própria mãe? Tem algo que existe dentro de cada mulher que, antes mesmo de ter um filho já nos faz grandes “cuidadoras” de todo mundo. Pra mim isso é o instinto materno. Claro que depois do nascimento dos filhos, esse sentimento se torna ainda mais forte a ponto de sua própria existência ficar em segundo plano em nome de seu filho.

Mas não pensem que isso deixa as mães tristes. Quando despertado em toda sua plenitude, o instinto materno revela o que nós conhecemos como Amor. O mais puro e verdadeiro que pode existir. Vocês já devem ter ouvido falar que quando você Ama alguém, você fica feliz com a felicidade do outro, pois é exatamente isso que acontece com as mães. Elas abnegam o estilo de vida que tinham, seus hábitos e abraçam uma vida completamente nova e ficam felizes!

Talvez um dia eu possa sentir o gosto dessa felicidade! Até lá, no entanto, continuo admirando esses seres abençoados que são as mães e desejo a todas elas no dia de hoje um FELIZ DIA DAS MÃES! Que todos os filhos aprendam a enxergar em vocês seus anjos da guarda!

Como minha singela homenagem neste dia eu queria colocar no blog a foto de uma mãe lutadora que representasse bem todas às mães. Claro que eu pensei em colocar a minha mãe, mas ela é muito tímida. Então escolhi uma mãe da ficção (assim homenageio todas as mães reais). Passei alguns anos da minha vida com essa mãe também... talvez vocês a conheçam!

maio 04, 2011

Sobrenatural de volta ao SBT!

*Atenção: O artigo pode conter spoilers das 4 primeiras temporadas.

Finalmente parece que Sobrenatural (Supernatural) voltará a ser exibido pelo SBT. Eles prometem apenas episódios inéditos e vão começar pela 5ª temporada.


Na série os irmãos Dean e Sam Winchester, interpretados pelos atores Jensen Ackles e Jared Padalecki respectivamente. Quando criança, eles presenciaram a misteriosa morte da mãe. Vinte e dois anos depois eles são surpreendidos pelo desaparecimento do pai, e têm uma missão assustadora: encontrar, enfrentar e destruir qualquer manifestação do mal.

Na segunda temporada, temporada os irmãos encaram a missão deixada pelo pai de ajudar pessoas com casos sobrenaturais, enquanto tentam entender os poderes de Sam e o que Azazel planeja para ele.

Na terceira temporada, o foco é na tentativa de livrar Dean do pacto feito para salvar Sam na temporada anterior. Logo no primeiro episódio, os irmãos conhecem o demônio Ruby, que diferentemente dos outros, não atende aos interesses do inferno. Ela tem interesse em Sam, contando-lhe o que sabe sobre a morte de sua mãe e de sua namorada, e prometendo que pode impedir Dean de ir para o inferno, mas em uma conversa com Dean, ela admite que não pode, e que fez isso só para aproximar-se de Sam.

Já na quarta temporada, após a ressurreição de Dean, e o reencontro deste com seu irmão, eles encaram a existência de anjos e começam uma corrida para evitar o Apocalipse. Os Winchester têm de tomar grandes decisões como a confiança depositada em cada lado da iminente guerra, ficando literalmente entre anjos e demônios.

Agora, deu se início o apocalipse. A 5ª temporada inclusive conta com a aparição dos Cavaleiros do Apocalipse. A intenção do criador Eric Kripke era de terminar a história com a quinta temporada, mas a grande audiência da série e o entusiasmo dos envolvidos garantiu um contrato para a sexta temporada, e claro, com a participação dos irmãos Winchester.

Além do tema sobrenatural que já é automaticamente envolvente o carisma dos atores dão um toque todo especial à série. Você consegue se sentir um Winchester enquanto assiste aos episódios. Não são raros os momentos cômicos e emocionantes.

Eu sempre que posso assisto os "meninos" Winchester em suas investigações. Além de ser um entretenimento de ótima qualidade, as histórias deles servem de inspiração para minhas novas histórias. Por isso quem for fã da série, ou simplesmente goste de histórias com tema sobrenatural fique atento ao meu blog Universo Invisível, pois logo estarei publicando contos com temas sobrenaturais!!

A série voltará a ser exibida neste sábado, 07 de maio, às 21h30, só com episódios inéditos. (Fonte)

Agora é esperar até sábado e torcer para que seja verdade, porque faz tempo que o SBT vem dizendo que passará Sobrenatural "em breve".

abril 17, 2011

[Curiosidade] A montanha-russa é mesmo Russa?

Vira e mexe a gente vê o nome de alguma coisa e se pergunta se algo veio mesmo do lugar onde indica no nome. Porquinhos da Índia são mesmo indianos? Arroz à Grega tem algo haver com a Grécia? Galinha d'Angola vem mesmo do país africano? Bom, eu não sei, taí ideias para mais alguns posts. Hoje, no entanto, navegando por alguns dos blogs que eu sigo encontrei um post no Delírios Nonsense (ver post) com uma imagem hilária sobre o tema e então resolvi pesquisar.

Descobri umas coisinhas.

No século 15, os russos subiam em montanhas geladas, sentavam-se em cobertores e desciam em alta velocidade. Com o tempo, a brincadeira se sofisticou e passou a ser feita com trenós de madeira.

Os passeios de trenó no inverno prendiam-se em montes especialmente construídos no gelo, principalmente em torno de São Petersburgo. Foram construídas de 20 a 24 metros de altura e consistiam em uma queda de 50º. Sua popularidade era tão grande que empreendedores de outra parte resolveram copiar a idéia e fizeram carros com rodas construídos em trilhas. Uma dessas companhias foi a Les Montagnes Russes à Belleville que construiu uma montanha-russa de gravidade em Paris em 1812.

O primeiro looping foi, provavelmente, construído em Paris de um projeto inglês em 1846 com uma única pessoa no carrinho que dava uma volta de 3,96 metros de diâmetro, aproximadamente. Nenhuma dessas trilhas eram circuitos completos. A partir daí, em muitos idiomas (dinamarquês, português, espanhol e francês) passaram a se referir à atração como “Montanha-russa”.

Artigo completo: Wikipédia - Montanha-russa

Bom, a montanha então é realmente russa!! XD

Show Your Heart - Brazil

O cantor japonês Gackt pediu para que todos do mundo mandassem vídeos ou fotos mostrando seus corações em ajuda aos japoneses. Meus amigos fizeram um vídeo muito lindo, e postá-lo aqui no blog é uma forma que eu encontrei de participar da campanha junto com eles!

SHOW YOUR HEART - BRAZIL - Lauren Fraga - Louise Fraga - Ronnie Pedra


Para mais informações: Show your heart

abril 16, 2011

Palha Italiana - Mais uma aventura na cozinha

Bom, vocês já devem ter percebido que de vez em quando eu arregaço as mangas e dou um pulinho até a cozinha pra fazer algo além de lavar a louça do almoço e preparar macarrão instantâneo. Depois da minha experiência bem sucedida preparando Brownies (ver receita) resolvi que já era hora de voltar a cozinha e tentar outra coisa. Afinal, estou descobrindo que a cozinha é um lugar onde posso fazer algo mais além de experiências científicas que aprendi no programa do Beakman!

Receita: Palha Italiana

Ingredientes:
  • 1 lata de leite condensado
  • 8 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 1/2 colher de sopa de margarina
  • 1 pacote de biscoito maisena

Modo de Fazer:
  1. Pique o biscoito em pedacinhos pequenos e reserve.
  2. Com o leite condensado, a margarina e o chocolate em pó, faça um brigadeiro.
  3. Assim que o brigadeiro começar a soltar do fundo da panela, misture o biscoito picado até formar uma massa.
  4. Retire do fogo.
  5. Unte uma bancada de mármore, ou alguma superfície lisa, com margarina e despeje essa massa.
  6. Abra a massa, batendo com a palma das mãos (Eu usei uma colher de pau. A massa estava muito quente).
  7. Deixe esfriar e corte em quadradinhos.
Dicas:
  • Eu usei biscoito maisena sabor limão para dar um gostinho na palha, deu certo! Ficou ótimo!
  • Não precisa usar todo o pacote de biscoito. Eu usei (segui a receita) ficou um tanto duro. Já recebi conselhos de que apenas meio pacote seria suficiente. Vou tentar da próxima vez.
Bom, foi isso. Eu não explodi a cozinha (graças à Deus) e estou louca para mais uma aventura! Se vocês fizerem me contem como ficou!

Agora para dar água na boca:

abril 11, 2011

[Casal Fofo] - Remus Lupin e Dora Tonks

Como o romance não aconteceu muitas vezes na minha vida (leia: nenhuma vez, foi tudo platônico e agora sou eu quem não quer, mentira quero sim só que não) é pelos casais da ficção que meu coração bate para sentir aquele gostinho de amar e ser amado. Que fique claro que estou falando de romance, casal, pois amada eu sei que sou e muito por minha família e amigos! Mas voltando ao post, sabe aquele casal por quem a gente fica torcendo e o coração fica quentinho quando vê os dois juntos? Então, foi para enaltecer esses casais que resolvi criar essa tag. E para estreia, não poderia ser outro casal senão o meu preferido do mundo mágico que continua muito vivo sim, obrigada (Saiba como aqui: O Último Inimigo)

Casal escolhido: Remus Lupin e Nymphadora Tonks


De onde são: da série Harry Potter

Como se conheceram: na série somos apresentados ao casal junto com Harry em HP e a Ordem da Fênix, mas apenas em HP e o Enigma do Príncipe a relação dos dois é realmente mostrada quando, no funeral de Dumbledore, Harry vê Tonks e Lupin de mãos dadas (mas pra mim eles já trocavam uns olhares desde a Fênix). Eles se casaram durante o verão de 1997, antes do final de Julho e tiveram um filho, Edward (Teddy) Remus Lupin, que recebeu o nome em homenagem ao pai e ao avô, Edward (Ted) Tonks.

Porque são fofos: Lupin passou a vida toda evitando as pessoas com medo de machucá-las ou mesmo ser machucado pelo preconceito que os bruxos demonstravam por ele ser um lobisomem, mas a Tonks ligou? Nenhum pouco! E acho isso sensacional! Também conta o fato de eu ser fã do Lupin desde que o conheci e por isso quando a Tonks declarou seu amor todo por ele eu torci muito para que desse certo, assim como me tornei muito fã dela também.

Alguns momentos "Remadora"
 




 





E então, quem mais aí é apaixonado por esse casal?
Se quiserem ver outros casais fofos que já apareceram aqui no blog acessem: [Casal Fofo]