outubro 30, 2010

Halloween - Cuidado com o que você diz!

Bom... amanhã, 31/10 é Halloween!!

E eu particularmente gosto muito desta data, mesmo nunca tendo saído pela rua pedindo doces e fazendo travessuras... =/

Mas isso não me impede de continuar gostando da data e fazer um post falando sobre o tema para comemorar, mas decidi que não iria falar especificamente sobre Halloween. Informações sobre a data podem ser achadas em grande quantidade na rede. Resolvi então falar sobre uma das minhas lendas urbanas favoritas, e uma das que eu mais tenho medo também... é tenho que admitir... eu jamais irei a fundo para descobrir se essa lenda é verdade ou não. Prefiro ficar na dúvida! :)

Então, respirem fundo. Separem a agua benta e o sal grosso. Cubram os espelhos e encarem: Bloody Mary!

Ela é conhecida como Bloody Mary, Maria, a sanguinária, Maria sangrenta ou ainda Loira do banheiro. Sua lenda que logo espalhou-se no boca a boca pelas escolas do país conta que uma adolescente loira e bonita adorava cabular as aulas e muitas vezes ficava no banheiro da escola fumando. Numa dessas, ela teria escorregado, batido a cabeça no chão e morrido. Sua alma, no entanto, não se conformou com tamanha fatalidade e passou a frequentar os banheiros das escolas assustando garotas e garotos que estavam por lá matando aula. Como era de se esperar, vários estudantes afirmaram ter visto a loira do banheiro e a descreveram como pálida, com cicatrizes na cabeça e algodão enfiado no nariz para o sangue não escorrer (algo estranho para um fantasma que teoricamente não deveria ter mais sangue nas veias). Segundo a crença popular, se você for ao banheiro pretendendo cabular aula e não encontrar a loira é só fazer um ritual que ela aparece: acione a descarga por três vezes, chute a privada e vire-se rapidamente para o espelho. Se der certo, esperamos que você sobreviva para nos contar.

Há uma versão também que diz que basta você dizer o nome dela 3 vezes em frente a um espelho qualquer para Bloody Mary aparecer e arrancar seus olhos!

Bloody Mary também é o nome de um coquetel.

Ingredientes
35ml de vodca;
90ml de suco de tomate;
1 pitada de sal;
3 gotas de molho tabasco;
6 gotas de molho inglês;
1 pitada de pimenta em pó;
cubos de Gelo;
suco de limão;
talo de salsão (para decorar).

Preparo
Misture todos os ingredientes em uma jarra e sirva sobre cubos de gelo em um copo tipo old fashioned. Decore com uma rodela de limão.

Origem
Há mais de uma versão acerca de quem e onde teria criado o coquetel, também acerca da origem do nome:

O francês Fernand Petiot, barman do "Harry's Bar" de Paris, teria criado o coquetel em sua primeira versão na década de 20, mas teria lançado no bar do "Hotel Saint Regis" em Nova Iorque, tendo denominado o mesmo de "Red snapper", nome que foi depois abandonado. A pedido do príncipe russo Serge Obolensky foi incluído o tabasco na receita. Amobos locais reivindicam o posto de local da criação da bebida.

No final dos anos 30, o ator e produtor George Jessel teria sido o criador, também em Nova Iorque conforme o New York Herald Tribune, sendo que Jessel aparecia em propagandas da Vodca Smirnoff. Uma terceira versão, essa com menos defensores, atribui a Bertin Azimont, do Hôtel Ritz Paris, a criação especial para o escritor Ernest Hemingway que queria uma bebida que não deixasse odor, para que a esposa dele não percebesse.

O nome Bloody Mary refere-se à cor vermelha provida pelo suco de tomate, mas há também três versões acerca da sua inspiração:

Mary Tudor, por suas sangrentas perseguições ao protestantismo na Inglaterra e Escócia no século XVI.
Mary Pickford, atriz americana do Cinema mudo.
Uma garçonete do bar Bucket of Blood de Chicago.

Pelo Amor de Deus, se resolverem experimentar o drink, bebam com moderação e não dirijam!!!

Já segundo a Desciclpédia, a Lenda da Bloody Mary é um pouco diferente...

Bloody Mary era uma menina que era nerd CDF e que tocava o terror ao mesmo tempo na época em que mulheres não estudavam e eram submissas aos homens totalmente! Ela era tão ao contrário de todo mundo que pensaram que ela era a versão mini da Joana do Arco e a taxaram de bruxa dos capetas infernal e tentaram queimar ela na fogueira, mas parece que ela uma bruxa mesmo, por que o máximo que aconteceu foi ela ficar com a cara do Seu Madruga chupando limão e todo mundo ficou com nojo daquela visão do inferno e ela então vendeu a alma pra poder vagar pelos espelhos e atormentar todo mundo que aparecia lá pra escovar os dentes com uma enfiada de dedo nos olhos.

E então???

Vai encarar???


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço muito a sua visita! Deixe um comentário!
- Todos os comentários, sem exceção, são respondidos. Clique em "Notifique-me" e fique de olho.

- Atenção:
Ao comentar você concorda com as políticas de comentários do blog. Saiba mais: Políticas de Comentários.

Obs: Os comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...