junho 09, 2016

[Curiosidade] O Prisioneiro de Azkaban e o Tempo

Viagem no tempo é um tema recorrente em histórias de aventura e fantasia, diga-se de passagem, minhas preferidas. Já faz um tempo que li o livro Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban e venho pensando na viagem com o vira-tempo que aconteceu no livro. Algumas coisas sempre foram bem confusas para mim e hoje, finalmente cheguei à conclusão do motivo disso: a história que acontece no livro, não tem futuro! Calma, vou explicar.

Quando pensamos em voltar no tempo para consertar alguma coisa esquecemos que o mais importante na história é termos futuro! Além de uma ferramenta que permita a viagem.

Se formos olhar a história de “Prisioneiro de Azkaban” notamos a ausência de um futuro de onde Harry e Hermione pudessem voltar.

Ficou claro na história Harry dizer que só conseguiu conjurar o patrono porque tinha visto ele mesmo conjurando. Mas como ele teria sobrevivido ao ataque dos dementadores para poder voltar ao passado se ele já não tivesse sobrevivido ao ataque? O que eu quero dizer é que não há uma linha do tempo que leve Harry vivo até o futuro para que ele possa voltar ao passado.

E nem precisamos chegar tão longe na história. Vocês devem lembrar que assim que Lupin se transforma em lobisomem ele tenta atacar os meninos. Sirius os defende e Harry vai atrás dele para ajudar o padrinho. Não me lembro no livro, mas no filme, nessa hora Hermione uiva chamando a atenção do Lupin transformado evitando que ele ataque Harry.

Ou seja, imaginem a história sem o vira-tempo: Lupin se transforma em lobisomem e ataca Harry que tentava salvar Sirius. O garoto morre ou fica muito machucado e agora também é um lobisomem. Consequência disso é que ele não teria condições de viajar no tempo com Hermione. Então, como eles voltaram?

Teria feito mais sentido, pelo menos de acordo com as histórias de viagem no tempo, se Hermione tivesse voltado sozinha. Mas aí, como Harry conjuraria o Patrono sem ter visto ele mesmo (vindo do futuro) conjurando?

Alguém me explica, porque “De Volta para o Futuro” eu entendi, mas “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban” ainda estou tentando entender!

14 comentários:

  1. Olá,querida!
    Nunca tinha refletido sobre o assunto nesta perspectiva,mas a sua opinião me deixou com a pulga atrás da orelha. O jeito é buscar mais sobre o assunto. Adorei o seu cantinho.
    Beijos!
    http://livrosepsicologia.blogspot.com.br/2016/06/resenha-como-eu-era-antes-de-voce-jojo.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! ^^
      Eu também fiquei assim. É muito complicado entender histórias que mexem com viagem no tempo, porque acabam sendo duas histórias dentro de uma.

      Obrigada!

      Excluir
  2. Oi Helaina, tudo bem?
    Eu gosto bastante de HP, tanto que estou relendo a série pela 8ª vez :P Pois é hahhahahha
    Mas estou no primeiro ainda.
    O terceiro filme e livro é sempre o que me deixa confusa.
    Gosto muito de viagens no tempo, mas elas me confundem.
    E com essa história, fiquei bem ah?
    Acho que ela é meio que um ciclo, sei lá
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Helaina,
    Olha... que pergunta complexa hein? HAHAHAHA
    Realmente, eu entendi seu posicionamento. Essa coisa de física quântica me deixa bem confusa... Mas confesso que amo uma viagem no tempo também, rs.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Helaina!
    Esse é o meu favorito dos HPs. Mas faz muitos anos que li. Já não lembro os detalhes. Pretendo reler em breve.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Helaina,
    Só conheço essa história do filme mesmo.
    Sua postagem, me deu vontade de ler o livro que por sinal, deve realmente, despertar várias teorias. Isso é muito bom.

    Depois me conta o que achou de A Árvore da Mentira. Tomara que você curta.

    até mais :*
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  6. Oi Helaina, tudo bom?
    Puxa, boa pergunta. Viagens no tempo são mega complicadas, e em HP não poderia ser diferente :S Mas tá aí uma pergunta que nossa querida tia Jo Killer poderá responder num futuro (não muito distante, espero ^^').
    Bem, terei que reler novamente a série pra ver se consigo responder melhor (pretendo reler a série todo ano agora *-*).
    Beijinhos, boa semana e boas leituras.

    Isabelle - Attraverso le Pagine
    http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Sabe Helaininha, que saudade de voce!
    e olha que ja veio pra me deixar com nó - esse é um dos meus favoritos de HP e tipo, toda vez que eu assisto, essa parte do filme me deixa super nó, porrque mesmo ja tendo visto várias vezes eu fico pegando informações ue eu ja tenho para tentar entender melhor e olha que essa do Lupin e do Sirius e da Hermione e o patrono é muito confusoo!!! #socorro
    pode voltar sempre, some nao amiga blogueira!!

    Obrigada pela dica - atualizei a postagem com a caa maravilhosa de O lago Negro ;)


    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  8. Oie tudo bem? Olha para lhe ser sincera eu não me aprofundo nisso para não gerar exatamente isso: confusão. Tipo sou da opinião que se você leu o livro e entendeu tudo ou o necessário para prosseguir para o próximo volume perfeito, pois tentar entender mais aprofundado é fria, é tipo tentar entender a linha do tempo de X Men ahsuauhshas mas cada um cada um né kkkk
    Bjss, comenta por favor, ajudaria muito ^^ http://resenhasteen.blogspot.com.br/2016/07/titulo-freier-fall-ano-producao-2013.html

    ResponderExcluir
  9. Então, em relação a viagens no tempo, eu acredito que o "Futuro" já seja baseado nas interferências de viagens do tempo. Ou seja, se tu voltar no tempo, já tinha acontecido esta viagem na linha passada, e já estava programado para acontecer na linha futura. Deu pra entender? uheueheuehe É que nem aconteceu em Alice Através do Espelho. Por mais que ela tentasse mudar o passado, ela não consegue, pois o futuro já estava estava escrito e nada muda isso.

    Abraços,

    Blog Decidindo-se \o/

    ResponderExcluir
  10. Realmente, se formos pensar profundamente desse jeito, parece que a história não tem solução. Nem consigo imaginar como você ficará ao ler o roteiro de "The Cursed Child", Helaina. Aquilo sim é uma grande confusão hahahhaha Beijinhos, Beatriz.

    www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Helaina, peço desculpas por fazer um comentário que não tem nada a ver com o seu post, mas fui indicado ao seu blog em um grupo do facebook sobre filmes. Cresci com a gravação em VHS do filme da Alice de 1985, comprei o DVD internacional, mas sinto muita falta da sensação nostálgica da dublagem.... Por algum acaso, você ainda possui o VHS do filme? Já o passou para DVD? Tem alguma maneira de eu conseguir uma cópia dele com você?

    ResponderExcluir
  12. Por larga vantagem é a minha saga de livros favoritos, Harry Potter moldou um pouco da minha adolescência. É uma obra que tenho sempre muito presente, ainda para mais com o conceito da viagem do tempo...

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  13. Oi Helaina!
    Olha eu sempre achei essa parada de mexer com o tempo um troço bem arriscado, normalmente as historias, costumam a sair bem confusas principalmente por causa dos paradoxos. E que quando se para pensar neles a gente acaba meio que desanimando com a história por não fazer o menor sentido.
    Nesse caso em particular eu imagino a linha do tempo como um rio que deveria seguir um caminho pré determinado, mas então é feito um desvio, como uma barragem que segura os fatos "normais" e depois é aberto um novo caminho que a linha temporal deve seguir, em resumo. Ela ignora a logica em troca de fazer o que dá na telha... hahahahahahahahaha
    Mas até que acho a historia boa, menos quando se pensa be sobre ela.
    bjos LP
    quatroselos.blogspot.com

    ResponderExcluir

Agradeço muito a sua visita! Deixe um comentário!
- Todos os comentários, sem exceção, são respondidos. Clique em "Notifique-me" e fique de olho.

- Atenção:
Ao comentar você concorda com as políticas de comentários do blog. Saiba mais: Políticas de Comentários.

Obs: Os comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...