agosto 25, 2015

[Foca na Foto] Urbex

Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Acho que essa é uma das colunas que eu mais gosto aqui no blog porque eu simplesmente AMO fotografia. Mas vocês já ouviram falar de Urbex? Eu já adorava esse tipo de foto mesmo sem saber que existia uma categoria para elas. Mas vocês devem estar se perguntando, afinal, do que ela está falando?
Segundo a Wikipedia: Exploração urbana (muitas vezes abreviado como urbex ou UE) é a exploração de estruturas feitas pelo homem, geralmente em ruínas abandonadas. Fotografia e interesse/documentação histórica são características desse passatempo que, embora possa, por vezes, envolver invasão de propriedade privada, nem sempre é o caso. Há diversas formas de exploração: infiltração (entradas sem autorização), espeleologia urbana (exploração de subsolos e galerias subterrâneas), aventura urbana (reclamam as ruas para si, tipo de ativismo), historiadores extremos (visitas em lugares perigosos ou quase inacessíveis para fins de estudo) e turismos fora dos limites da cidade (exploração de túneis de minas abandonadas). A natureza dessa atividade apresenta vários riscos, incluindo tanto perigo físico quanto a possibilidade de prisão e punição. (Ver artigo original em inglês).
Bom, eu ainda não me aventurei atrás das minhas próprias fotografias, mas eu adoro olhar o material que existe na internet. E eu garanto, não é pouco!

Com o lema: "As únicas coisas que se levam são fotografias, as únicas coisas que ficam são pegadas", existem muitas pessoas capturando instantes cheios de história para contar por aí.

Selecionei algumas das fotos que encontrei no Google para vocês:

agosto 22, 2015

[Resenha] A Vida o Universo e Tudo Mais

Infelizmente os livros estão começando a me entediar. Muita descrição, divagação e pouca ação estão começando a deixar a leitura arrastada.
Sinopse: A Vida, o Universo e Tudo Mais - Após as loucas aventuras vividas com seus estranhos amigos em "O Guia do Mochileiro das Galáxias" e "O Restaurante no Fim do Universo", Arthur Dent ficou cinco anos abandonado na Terra Pré-Histórica. Mesmo depois de tanto tempo, ele ainda acordava todas as manhãs com um grito de horror por estar preso àquela monótona e assustadora rotina. Talvez Arthur até preferisse continuar isolado em sua caverna escura, úmida e fedorenta a encarar a próxima aventura para a qual seria forçosamente arrastado: salvar o Universo dos temíveis robôs xenófobos do planeta Krikkit. Este é o terceiro volume da "trilogia de cinco" de Douglas Adams, um dos mais cultuados escritores de ficção científica de todos os tempos. Seu humor corrosivo e sua habilidade em criar situações improváveis tornam seus livros indispensáveis para qualquer um que tenha capacidade de debochar de si mesmo. Usando o planeta Krikkit como paródia da nossa sociedade e das guerras raciais, Adams cria uma história divertida, inteligente e repleta dos mais inusitados significados sobre a vida, o universo e tudo mais.
As tiradas do livro ainda estão bem engraçadas, mas tem alguma coisa nessa série me deixando cansada da história. Acho que a única motivação que tenho para continuar lendo é a curiosidade para saber como tudo vai terminar.

agosto 18, 2015

[Parceria] Editora Delirium

Oi pessoal! Ótimas notícias para o blog! Fechei parceria com a Editora Delirium! Estou muito feliz pelo Flavio P. Oliveira, já parceiro do blog (saiba mais) ter se lembrado do Mente Hipercriativa e feito o convite! Mas chega de conversa, vamos conhecer mais sobre a editora?
A Delirium Editora não se importa se o sapo virará ou não príncipe, pois os sapos — cor-de-rosa, amarelos, alados, alucinados — e (também) os cogumelos dançantes, as borboletas no estômago, os leopardos disfarçados de percevejo, etc. são igualmente fundamentais; afinal de contas, o nosso cérebro não é constituído por lados amigáveis, mas sim por dois hemisférios em eterno conflito — conto-vos um segredo: é verdade (verdade!) e acertam na mosca quando dizem que de poeta e louco todo mundo tem um pouco.
Então, minha cara, não é? Eu adorei essa descrição e estou ansiosa para conhecer os livros (que tenho certeza serão muitos e farão bastante sucesso) publicados pela editora! Por enquanto há um livro a venda e outro ainda em fase de preparação. Querem conhecer um pouco dos dois? Então sigam-me os bons!

agosto 13, 2015

[Hoje é dia] Internacional do Canhoto

Oi pessoal! Hoje para mim é um dia a se comemorar! Canhota desde sempre (mesmo a professora do pré-escolar ter sugerido à minha mãe que me fosse ensinado a escrever com a mão direita, sou muito feliz por ela não ter aceito me deixando ser quem sou por completo até hoje!) gosto muito de ter o lado mais criativo do cérebro como dominante e mesmo tendo passado por várias situações espelhadas, acho que isso só me fortaleceu!

Meu resultado foi: utiliza o seu cérebro de forma equilibrada. Talvez seja realmente a consequência de viver em um mundo que eu tenho que me adaptar.
Origem do dia: Embora seja comemorado desde a década de 70, foi apenas na década de 90 que o clube britânico Left-Handers lançou o dia 13 de Agosto como o Dia Internacional dos Canhotos, como forma de chamar a atenção de um mundo onde tudo é pensado apenas para aqueles cuja mão dominante é a direita. Essencialmente, o objetivo foi o de desmistificar o uso da mão esquerda para tarefas habitualmente realizadas com a direita. Segundo os estudos cerca de 90% da população é destra e se atentos às faixas etárias, verificamos que existem mais jovens canhotos do que idosos canhotos. A razão mais simples é que antigamente os canhotos eram discriminados pela sociedade e, portanto, castigados até “corrigir” o que era considerado um “erro”. Felizmente, o estigma está se dissipando. Fonte: Atlas da Saúde
Vocês podem acessar a página do clube (em inglês): Left Handers Club

agosto 07, 2015

[Resenha] O Livro das Princesas

Não sou muito de ler livros de contos, talvez porque quando leio um deles e não gosto eu acabo desanimando do livro. Mas esse, nem de longe é o caso de O Livro das Princesas. Meg Cabot, Paula Pimenta, Lauren Kate e Patrícia Barbosa conseguiriam escrever releituras dos clássicos contos de fadas de uma forma tão verossímil que se fosse minha primeira lendo sobre A Bela e a Fera ou Cinderela na versão que elas escreveram, acreditaria que foi tudo real.
Sinopse: Da mesa da Princesa Mia Thermopolis: Olá, amigos, fãs e companheiros admiradores de princesas (ou eu deveria dizer simpatizantes de princesas?)! Eu mal pude acreditar quando alguém do Brasil permitiu que EU desse uma olhadinha neste livro. Mas acho que faz sentido, já que, além de ser uma princesa, também tenho verdadeira paixão por histórias românticas! Acreditem no que eu digo, este livro tem essas duas coisas de sobra! Mas são releituras contemporâneas, com reviravoltas que farão você dizer owwwwnnnnnn… Uma Cinderela DJ? Rapunzel popstar? Bela é uma supermodelo? E unicórnios em A Bela Adormecida?! Sim, por favor! Mais, mais. POR FAVOR. Não se preocupem, tem mais. Muito mais. Eu amei, e vocês também vão!
São quatro contos onde vemos os talentos de cada escritora. Não vou escrever uma sinopse de cada conto porque acabaria dando spoiler. Vou dizer em qual história é baseado e direi o que achei.

agosto 04, 2015

[Recapitulando] Julho 2015

Lá se foi mais um mês e já estamos no segundo msemestre do ano. Sempre parece que voa, né?! Agora vamos ao resumo de tudo o que foi postado aqui em Julho (esse mês lindo que eu amo!). Espero que vocês tenham conseguido acompanhar!
 
Os Posts:

agosto 01, 2015

[DIY] Dia a Dia

Do It Yourself, ou faça você mesmo!

Sabe aquelas boas ideias que encontramos pela internet que inspiram a gente? Essa coluna é exatamente sobre isso. Nela coloco as ideias que achei por aí e que me pareceram brilhantes. Ainda não pude testá-las, mas pretendo fazer isso algum dia!
  1. Lâmpadas queimadas, que tal deixá-las com esse ar gótico?
  2. E uma luminária com uma latinha de Coca-Cola?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...