agosto 29, 2013

[Curiosidade] Remus Lupin e sua História - Parte 2

O Sr. Aluado apresenta seus cumprimentos ao Prof. Snape e pede que ele não meta seu nariz anormalmente grande no que não é de sua conta. - HP e o PdA pág. 232
Continuando com os posts com as novas informações que a JK Rowling disponibilizou no site Pottermore a respeito do professor Remus Lupin, (ver post anterior), agora contarei a vocês o que eu descobri sobre ele nos tempos de escola e no início de sua vida adulta.

Um pouco antes de seu 11º aniversário, ninguém menos que Dumbledore apareceu de surpresa na casa dos Lupin. Lyall e Hope tentaram bloquear sua entrada, mas de alguma maneira, cinco minutos depois de sua chegada, ele já estava sentado perto da lareira comendo bolinhos e jogando *Gobstones com o jovem Remus.

Dumbledore explicou aos pais de Remus que ele já sabia o que tinha acontecido com o garoto. Grayback havia anunciado seu feito entre os bruxos das trevas e os espiões de Dumbledore levaram a notícia para ele. O diretor alega à Hope e Lyall que não vê razão para o menino não frequentar Hogwarts e descreve os preparativos para receber Remus. Sua condição não seria comunicada aos outros alunos e uma vez por mês, na lua cheia, ele seria levado para uma casa em Hogsmead, protegida por feitiços e acessível apenas por uma passagem subterrânea pelos terrenos da escola, onde ele poderá se transformar em paz. 

Remus ficou muito empolgado como nunca tinha estado antes. Era um sonho para ele a possibilidade de ter amigos.

Os Marotos:

agosto 26, 2013

[Lançamento] Lilliah Blü e a Profecia do Apocalipse

Oi pessoal!
Hoje tenho uma novidade para vocês!
Vocês se lembram dos posts que eu coloquei aqui sobre a nova saga do escritor Flavio P. Oliveira? (ver Post 1 e Post 2). Então, agora vocês podem comprar o primeiro volume da saga!
"Lilliah Blü, a saga, pode ser classificada como literatura fantástica, pois se passa numa terra imaginária, outro mundo, onde um governo segue rígidas normas não democráticas. A personagem principal e narradora (narrativa em primeira pessoa) é uma menina (chamada Lilliah Blü) prestes a completar catorze anos (no primeiro volume), e o tema central circula nas descobertas desta idade e novos poderes que surgem no começo do Vashen. A questão central da saga: todas as profecias do messias se tornam realidade e a última acontecerá pouco tempo após o aniversário da personagem: o fim do mundo. 
Seres diferentes, plantas, lugares especiais, aventura, mistério, suspense, paixão juvenil, aprendizado, mágica, um governo ditatorial, deuses mortos, um jovem herói, os pingos (pequenos animais inteligentes), o coliseu do circo máximo, jogos, guerreiros, fuga, a selva rosa…, tantos elementos desta saga aguardando os leitores."

Autor: Flavio P. Oliveira
ISBN: 978-85-915850-1-4
Revisão: Salette D’Acri
Ano: 2013
Editora: s.n.
Edição: 1
Número de páginas: 288
Formato: Médio (14×21)
Tipo de papel: Pólen Soft 80g
Acabamento: Brochura c/ orelha e laminação fosca (capa)
Impressão: Letras e Versos
Preço: R$34,99  R$27,99 (c/ desconto)

Sinopse

agosto 22, 2013

[Curiosidade] Remus Lupin e sua História - Parte 1

Remus Lupin, professor de Defesa Contra as Artes das Trevas de Harry Potter em seu terceiro ano em Hogwarts. Ele tem cabelo castanho-claro mesclado com fios cinza, e frequentemente está com roupas gastas. Ele é amável, e popular entre a maioria dos alunos.
Esse é o Lupin. O personagem da série Harry Potter que desde sua primeira aparição conquistou meu coração. Ele, no entanto, por se um personagem secundário, nunca teve muito destaque nos livros e a maior parte de sua história era desconhecida. Porém agora, JK Rowling está presenteando os fãs com informações não escritas nos livros, sobre o universo da série, no site Pottermore. Desde que me cadastrei no site eu esperava por esse momento, resolvi então contar o que eu descobri sobre Remus Lupin.

* Como a JK foi muito generosa, e contou muito sobre a história dele, resolvi então dividir os posts. Nesse primeiro vou falar sobre o que ela revelou acerca dos pais do Lupin, sobre como ele virou lobisomem e os primeiros anos de sua infância.

Os pais:
Lyall Lupin era um rapaz muito inteligente, porém tímido, que nos seus trinta anos tornou-se mundialmente conhecido como uma autoridade em Aparições Espirituosas Não-Humanas. Estas incluem poltergeists, bicho-papão e outras criaturas estranhas que, embora sejam às vezes fantasmagóricos na aparência e no comportamento, nunca estiveram vivos de verdade e continuam sendo algo misterioso até mesmo para o mundo dos bruxos.

Em uma viagem investigatória em uma densa floresta galesa onde um bicho-papão particularmente cruel devia estar espreitando, Lyall conheceu sua futura esposa. Hope Howell, uma linda menina trouxa que trabalhava num escritório de seguros em Cardiff, tinha pego um caminho mal aconselhado através do que ela acreditava ser um bosque inocente. Bicho-papão e poltergeists podem ser sentidos por trouxas, e Hope, uma pessoa particularmente imaginativa e sensível, estava convencida de que algo a estava observando por entre as árvores escuras. Eventualmente, sua imaginação se tornou tão ativa que o bicho-papão assumiu uma forma: um homem grande, mal encarado, indo em direção a ela rosnando e com as mãos estendidas na escuridão. Ao ouvir o grito dela, o jovem Lyall veio correndo por entre as árvores, transformando a aparição em um campo de cogumelos com um aceno de sua varinha. A aterrorizada Hope pensou, na sua confusão, que ele havia afastado seu suposto agressor, e as primeiras palavras dele para ela – “está tudo bem, era só um bicho-papão” – não fizeram nenhuma efeito nela. Ao perceber quão bonita ela era, Lyall fez a sábia decisão de não falar mais sobre bichos-papões, ao invés disso concordou que era um homem muito grande e assustador, e que a única coisa sensata a fazer era ele acompanhar Hope até sua casa para protegê-la.

O jovem casal se apaixonou, e nem a confissão envergonhada de Lyall, alguns meses depois, que Hope nunca esteve realmente em perigo, prejudicou o entusiasmo dela por ele. Para a alegria de Lyall, Hope aceitou seu pedido de casamento e se jogou animada para as preparações do casamento, completo com um topo de bolo de bicho-papão.

O primeiro e único filho do casal, Remus Lupin, nasceu um ano depois do casamento. Um garotinho feliz e saudável que mostrou desde cedo sinais de magia o que fez seus pais imaginarem que eu ele seguiria os passos de Lyall e estudaria em Hogwarts quando chegasse à época.

A Licantropia:

agosto 19, 2013

[Li até a página cem] #04

Criado pelo blog "Eu leio, eu conto", Li até a página 100, consiste em dizer o que achamos da nossa leitura atual até a centésima página.



Eu estou lendo "Ecos da Morte" do autora Kimberly Derting (ver no skoob).

Primeira frase da página 100:
"E se a gente começasse indo ao cinema hoje à noite?"

Do que se trata o livro?
Violet Ambrose tem dois problemas – o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela começa a ficar cada vez mais incomodada com sua estranha habilidade – Violet encontra cadáveres. Desde pequena ela percebe os ecos que os mortos deixam neste mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não todos, apenas os das vítimas de assassinato. Para ela, isso nunca foi um grande talento. Na maioria das vezes, tudo o que encontrava eram pássaros mortos, deixados para trás pelo gato da família. Mas, agora que um serial killer está aterrorizando a pequena cidade onde mora e os ecos das garotas assassinadas a perseguem dia e noite, Violet se dá conta de que talvez seja a única pessoa capaz de detê-lo. Em pouco tempo ela estará no rastro do assassino. E ele, no dela.

O que está achando até agora?
O amor platônico entre Violet e Jay toma uma boa parte do livro. A leitura está me desanimando bastante. Eu gosto de livros que tem um pouco romance ou assuntos afins, mas quando o livro só fala sobre isso me cansa bastante.

agosto 12, 2013

[É assim que começa] Quem poderia ser a uma hora dessas?

Vi essa coluna no blog da Marina (Ler, Imaginar e Criar) e no blog da Carol (Irreparável) e achei muito interessante, por isso resolvi trazê-la aos leitores do Mente Hipercriativa
A dinâmica é muito simples. Você escolhe um ou alguns livros e apresenta aos leitores uma parte de seu início. 
Às vezes é logo nas primeiras linhas que nos apaixonamos.
Hoje eu escolhi um livro que já foi lançado há um tempinho. Eu baixei o primeiro capítulo do livro no site da Editora Companhia das Letras, que o publicou em seu selo Editora Seguinte, mas só agora consegui tempo para lê-lo.

Adoro mistério, literatura infanto-juvenil e esse livro aparentemente tem tudo isso. E é escrito por um autor que sabe criar um bom mistério. Lemony Snicket. Conhecem? É o autor dos 13 livros da série “Desventuras em Série” (clique para ler o post). Sou muito fã dessa série!

É assim que começa:
"Havia um vilarejo, uma garota e também um roubo. Eu estava no vilarejo, fora contratado para investigar o roubo, e achava que a garota não tinha nada a ver com aquilo. Eu tinha quase treze anos e estava errado. Sobre tudo. Eu devia ter feito a pergunta: “Por que alguém diria que roubaram uma coisa que nunca foi sua, pra começar?”. Em vez disso, fiz a pergunta errada — quatro perguntas erradas, mais ou menos. Esta é a história da primeira delas.

agosto 10, 2013

[Sessão Pipoca Nostálgica] De volta para o Futuro - Trilogia

Oi pessoal!
Amanhã é dia dos pais e a resenha que eu trouxe hoje é uma boa dica de filme para curtir nesse domingo (ou quem sabe até uma dica de presente de última hora).

Essa trilogia (1985 - 1989 - 1990) fez muitos fãs entre crianças, adolescentes e adultos da época e continua no coração de muitos até hoje. Eu sou um deles.

De Volta para o Futuro Parte - 1: Um jovem (Michael J. Fox) aciona acidentalmente uma máquina do tempo construída por um cientista (Christopher Lloyd) em um Delorean, retornando aos anos 50. Lá conhece sua mãe (Lea Thompson), antes ainda do casamento com seu pai, que fica apaixonada por ele. Tal paixão põe em risco sua própria existência, pois alteraria todo o futuro, forçando-o a servir de cupido entre seus pais.

O filme começa em 1985. Marty McFly é um adolescente relaxado. Completamente fora do estereótipo nerd. Chega sempre atrasado à escola, é “descolado”, pois anda muito bem de Skate e toca guitarra em uma banda de garagem, e raramente consegue acompanhar o raciocínio do Doc. Brown. Inclusive não consigo me lembrar como a amizade dos dois começou.

Dr. Emmett Lathrop Brown é o clássico cientista louco, mas para mim ele não é nada disso. É apenas um homem brilhante com um sonho excêntrico: construir uma máquina do tempo! E ele consegue! Pobre Einstein..., não o físico, o cachorro do Doc. Brown. Ele é a cobaia no primeiro experimento de viagem no tempo.

Outros personagens desse filme são Jennifer (Claudia Wells), a namorada de Marty e a família dele. 
Lorraine, sua mãe, que não é muito à favor do relacionamento do filho, pois para ela a moça é muito atrevida, pois vive telefonando para o namorado e esse tipo de comportamento é não é coisa de “moça decente” segundo ela. 

agosto 08, 2013

[Parceria] Odiado Admirador Secreto - Vanessa Sueroz

Oi pessoal!
Estou muito feliz! O blog conquistou mais uma parceria!
Vanessa Sueroz é a mais nova parceira do Mente Hipercriativa. Vamos conhecer um pouquinho sobre ela?

Sobre a autora:
Vanessa Sueroz nasceu em São Paulo, fez faculdade de Ciências da Computação e trabalha como Analista de sistemas em São Paulo. Começou a escrever com 8 anos de idade e começou a publicar fanfics em 2006 para conseguir um público leitor para publicar finalmente seu primeiro livro em 2011.

Página da autora no Skoob - Vanessa Sueroz

Sobre a obra:
Último lançamento - Odiado Admirador Secreto - Vanessa Sueroz
Paulinha esta doida para que termine logo o ano e ela possa finalmente terminar a escola, o que ela não esperava era que coisas estranhas começassem a acontecer com ela. Rosas começam a aparecer em todos os lugares que ela vai. Ela vai comer e tem uma rosa no garfo, ela vai se trocar e tem uma rosa no guarda roupas, ela vai ler um livro e lá estão às rosas novamente, agora não se pode nem ir mais ao banheiro em paz por que as rosas também aparecem dentro da privada. Só tem um pequeno detalhe, Paula odeia rosas! Quem será essa pessoa desagradável que esta perseguindo Paulinha por todas as partes com as malditas rosas? Uns dizem que é um admirador secreto, mas Paulinha acha que é o seu odiado admirador secreto. A questão é: Como se livrar dele?

Para comprar:
Lojinha do Blog - Odiado Admirador Secreto
Apesar de não ser muito fã de romance, fiquei curiosa pra saber quem é o tal “Odiado Admirador e como terminará esse jogo de conquista”.
A Vanessa já lançou outros dois títulos:

agosto 05, 2013

[Resenha] O livro das Coisas Perdidas

Após a morte da mãe, David, de 12 anos, passa a maior parte do tempo em seu quarto tendo com os livros como companhia. Quando eles começam a sussurrar para o menino, realidade e imaginação se misturam até que, ao brincar no jardim, entra em um reino encantado, onde encontrará heróis, monstros e um rei fracassado que guarda seus segredos em um livro misterioso. John Connolly, em O Livro das Coisas Perdidas, desconstruirá fábulas conhecidas, como A Branca de Neve e os Sete Anões e João e Maria, por meio de muita imaginação e mistério. Um livro para todas as idades que virou mania quando lançado na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos.
O livro é ambientado em Londres no período da segunda guerra. Logo no início somos apresentados a David e sua mãe. Ela está muito doente e o menino acha que o que está acontecendo com ela e de alguma forma sua culpa.
Esse menino, que se chamava David, fez de tudo para manter a mãe viva. Rezou. Tentou ser um bom menino para que ela não fosse punida pelos erros que ele cometia. (Pág. 10)
Mas é claro que não era culpa dele e muito menos ele estava no controle da situação. A mãe de David acaba então morrendo, no entanto ele não consegue deixar de se sentir culpado.
Nem mesmo os rituais que repetia incessantemente haviam sido suficientes para mantê-la viva. Mais tarde, ficaria se perguntando se, por acaso, deixara de executá-los de maneira apropriada, se, por acaso, havia contado mal na manhã daquele dia ou se deixara de acrescentar alguma ação às demais e então teria podido modificar as coisas. Agora não importava mais. Ela se fora. (Pág. 13)

agosto 03, 2013

[Wish List] Novas capas da série Harry Potter

Oi pessoal!
Hoje vou começar uma nova coluna aqui no blog!
Minha Wish List, ou Lista de Desejos! 

Esse primeiro post vai para a coleção Harry Potter com as novas capas que estão sendo publicadas pela editora Scholastic. Eu sempre quis ter todos os livros da série em inglês. Nunca me conformei com os "erros" de tradução. Dizem que é pra facilitar a compreensão pelas crianças... Concordo que alguns nomes de pessoas e lugares podem ser bem complicadinhos para as crianças ou para quem não domina o inglês, mas onde James é mais difícil de entender que Tiago??... Me desculpem, mas essa não consigo aceitar....

Bom, chega de delongas e vamos à lista!

Apesar de eu já ter Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban em inglês, se fosse comprar essa coleção, iria querer todos os livros!




   Clique nas imagens para ampliar!



agosto 01, 2013

Lilliah Blü e a Profecia do Apocalipse - Flavio P. Oliveira

Oi pessoal!!
Hoje trouxe mais novidades para vocês!!

A primeira está no título desse post! O autor parceiro do blog, Flavio P. Oliveira está lançando mais um livro que já tem capa e sinopse!!

Essa capa não é linda?
Simplismente amei!
Autor: Flavio P. Oliveira
ISBN: 978-85-915850-1-4
Revisão: Salette D’Acri
Ano: 2013
Editora: s.n.
Edição: 1
Número de páginas: 288
Formato: Médio (14×21)
Tipo de papel: Pólen Soft 80g
Acabamento: Brochura c/ orelha e laminação fosca (capa)
Impressão: Letras e Versos

Sinopse:
Lilliah Blü, a única menina de Aahtoria — prestes a completar catorze anos, poucas semanas antes do, é sério!, pode acreditar, fim do mundo —, só pode sair de casa após tomar a vacina do envelhecimento, tem um pai carinhoso, dois lindos pingos chamados Bluih e Binnih, e se considerada estranha, esquisita, descolada e deslocada. Divertida, irônica, silenciosa, a menina descobrirá um novo poder antes do aniversário e contará para o leitor tudo sobre onde vive, suas alegrias, tristezas, esperanças — não existem por causa do eminente apocalipse —, deuses (mortos), seu mundo mágico (perdido), paixão pelos jogos de guerra… E, claro, tudo sobre o menino loiro.

Previsão de lançamento: Quinze de agosto, também conhecido como 15/08.

Leiam o início para ficar com mais vontade:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...