novembro 12, 2012

[Curiosidade] A Coruja e o Saber

Oi! Como vão vocês?
Depois de ir à uma feira de artesanato aqui em minha cidade e comprar uma linda corujinha cor de rosa (vocês vão vê-la ao final da postagem), fiquei pensando. Porque a coruja é tida como símbolo da sabedoria? Porque? Com uma pulga atrás da orelha saí para pesquisar e esse post de hoje é sobre o que eu encontrei à respeito. Vocês sabem porque a coruja é o animal símbolo da sabedoria??

A deusa grega da sabedoria, Athena (equivalente à deusa Minerva na mitologia romana) foi quem deu origem ao mito. Ela possuía uma coruja de estimação que ficava consigo o tempo todo. Essa coruja, acredita-se, era capaz de revelar à Athena as verdades invisíveis. Em função disso a coruja ficou associada à sabedoria. Além disso, a ave pode girar o pescoço em 270º e possui olhos luminosos que enxergar bem no escuro, que segundo a mitologia, como Zeus, enxergam "O Todo". Devido a todos esses atributos a coruja também simboliza a Filosofia, Pedagogia e Letras.

Há uma outra explicação para essa simbologia da coruja, mas que não é assim tão positiva. Os olhos grandes e desproporcionais da coruja também a tornaram símbolo da feiura (eu não concordo. Elas são muito bonitas). Segundo o site da Mundo Estranho a associação se deu da seguinte forma:

Numa língua nórdica antiga, ela era chamada de ugla, palavra que imitava o som emitido pela ave e que daria origem ao termo ugly, "feio" em inglês. "Assim, a coruja segue o estereótipo do sábio, que geralmente é tido como alguém mais preocupado com as divagações interiores que com a aparência externa", diz o helenista (estudioso da civilização grega) Antônio Medina Rodrigues, da Universidade de São Paulo (USP). 

Já o termo mãe (ou pai, avô, avó) coruja nasceu aqui no Brasil devido a uma fábula de Monteiro Lobato chamada "A Coruja e a Águia". Segundo a fábula, as duas aves fizeram as pazes e prometeram não comer mais os filhos da outra. E para que fossem reconhecidos pela águia e não mais devorados, a coruja orgulhosa estufou o peito e disse que seus filhos eram as criaturas mais bonitas da floresta, com penas lindas, olhar marcante e esperteza descomunal. A águia não reconheceu os filhotes da coruja pela descrição que foi dada pela sua mãe e acabou devorando alguns monstrengos que piavam de bico aberto num ninho e que nem tinham forças para abrir os olhos. A expressão desde então se integrou à cultura popular e é usada para designar aquelas pessoas que, além de se esmerar nos cuidados com os filhos, não vê defeito algum neles.

Mas, em cada parte do mundo a coruja é vista de forma diferente. Deem uma olhadinha em como ela é vista segundo a cultura de alguns países:
África do Sul:
A coruja é a mascote do feiticeiro zulu. E no xamanismo é reverenciada por enxergar a totalidade.

Argélia:
Há a crença de que colocar o olho direito de uma coruja na mão de uma mulher dormindo fará com que ela conte tudo.

Austrália:
Os aborígenes acreditam que a coruja representa o espírito da mulher. O espírito do homem é representado pelo morcego.

Babilônia:
Origem do mito de Lilith, onde amuletos de coruja protegiam as mulheres durante o parto. O mito foi citado pela primeira vez no épico Gilganesh, escrito em 2000 a.C. Lilith era uma linda jovem com pés de coruja, que denunciavam sua vida notívaga. Ela era uma vampira da curiosidade, que dava aos homens o desejado leite dos sonhos.

Brasil:
Cantada por Tom Jobim em Águas de Março, Matita Perê é uma velha vestida de preto, com os cabelos caídos pelo rosto. Diz a lenda que ela tem poderes sobrenaturais e prefere aparecer nas noites sem luar, sob a forma de uma coruja.
Na tradição guarani, o espírito Nhamandu, o criador, manifestou-se na forma de coruja para criar a sabedoria.
No dicionário, o adjetivo corujeiro é um tremendo elogio. Significa alguém ou algo excelente, agradável e, o melhor, disposto a tudo.
Na linguagem popular, mãe coruja (ou avó coruja, tia coruja, pai coruja) é a mãe que acha seu filho o máximo, embora ele possa estar bem longe disso.

China:
A coruja está associada ao relâmpago. Colocar efígies de coruja em casa protege contra os raios.

Estados Unidos:
Entre os índios americanos, a coruja tinha muito poder:
Para os apaches, sonhar com ela significava a morte.
Os dakotas viam a coruja como um espírito protetor.
Os hopis tinham a coruja como guardiã do fogo.

França:
A coruja é o símbolo de Dijon, cidade francesa. Há uma escultura de coruja na Catedral de Notre Dame, e quem passa a mão esquerda nela ganhar sabedoria e felicidade.

Grécia:
Atena, a deusa da sabedoria e da guerra, ficou tão impressionada com a aparência da coruja que a tomou como sua ave favorita. Corujas faziam seus ninhos na Acrópole. Os gregos achavam que sua visão noturna vinha de uma luz mágica. Ela era um símbolo da cidade de Atenas, ao lado dos exércitos na guerra. As antigas moedas gregas (dracmas) tinham uma coruja cunhada no verso.

Índia:
A carne de coruja é considerada uma iguaria afrodisíaca.
Como unguento, a carne também serve para curar dores reumáticas.

Inglaterra:
A coruja branca servia para que os ingleses pudessem prever o tempo. Quando ouviam-na guinchar, significava que o tempo iria esfriar ou que uma tempestade estava chegando.
Os curandeiros ingleses curavam a bebedeira e a conseqüente ressaca com ovos de coruja Crus.
O costume britânico de pregar uma coruja na porta do celeiro para espantar o mal durou até o século XIX.

Marrocos:
O Olho de uma coruja preso em um cordão no pescoço é um excelente talismã.

Peru:
Cozido de coruja serve de remédio para quase tudo.

Roma Antiga:
Ouvir o pio de uma coruja era presságio de morte iminente. As mortes de Júlio César, Augusto, Aurélio e Agripa foram anunciadas por uma coruja. A cena aparece na versão teatral Júlio César, de William Shakespeare. O bardo inglês ainda citaria a asa da coruja na poção de Macbeth.
Os romanos também acreditavam que, antes da batalha, quando uma coruja sobrevoa os soldados, era um sinal de vitória. Para elevar o moral das tropas, um general romano soltou corujas que pousaram sobre os elmos e escudos dos legionários. As tropas, animadas, capturaram Cartago em 310 a.C.

A coruja sofre em alguns países! 

Bom, por hoje é isso!! E aí? Gostaram de conhecer um pouquinho mais a coruja??

Fontes:
Imagens:
Google Imagens
________
Agora, como prometido, minha mais nova corujinha fofa que inspirou tudo isso! Mas ela não vem sozinha. Ela está junto com o Andy e o Nico trazendo minha mais nova aquisição! Foi amor à primeira folheada!

Entrei na livraria determinada a comprar um livro. Quando me deparei com "O Inverno das Fadas" e vi que a autora é fã de Harry Potter e integrante da equipe do Potterish, não pensei duas vezes. Agarrei e corri para o caixa. O problema agora é colocá-lo na fila de leitura, mas... ano que vem tá aí, né! Se o mundo não acabar! O.o Espero que não!!

16 comentários:

  1. Putz eu gosto das Corujas, e são animais bem misteriosos não é? haha tem até uma saga lembra? A Lenda Dos Guardiões ;)

    Ótima pesquisa \o
    Até mais
    teneridificando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh.. essa conheço... mas só de vista... ainda não li. Nem assisti o filme.

      Obrigada!!
      Tá mais! ;)
      Beijussss;

      Excluir
  2. AAAH que lindo! Adorei conehcer mais sbre essas criaturinhas lindas e inteligentes *o*
    Uau! E quem sabe, fontes de verdade? HAHA
    Curti muito seu post!
    AAAH O inverno dasFadas realmente é muito bom e muito lindo ♥ Adorei! *-*

    Ebaa, somos parecidas! rsrs
    curtééérrimo rsrs
    Ebaaa! quero ver *-*
    Um beeijo!
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei curiosa e tive que ir atrás para saber o significado de toda essa simbologia! ^^
      Estou ansiosa para lê-lo!! Mas tem tanto livro na fila!!...

      \o/

      Beijusssss;

      Excluir
  3. Adorei conhecer um pouco mais sobre o simbolo da coruja, fiquei com vontade de até comprar algum pingente *-*
    Muito bom o seu blog!
    Beijos!

    http://livrosfilmesetal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^
      Fico feliz que tenha gostado!! :D
      As corujas são umas fofas, não é mesmo??

      Beijussss;

      Excluir
  4. Muito bom este post, adorei saber mais sobre a coruja, e babei na sua. Quem diria que este pássaro tivesse tanta história.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ^^
      Pois é!! Eu fiquei curiosa com essa estória. Sabia que devia ter algo mais!!

      Beijussss;

      Excluir
  5. eu tenho este livro em casa, mas ainda não li *.*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... eu tb ainda não comecei... roendo as unhas aqui!! :D

      Excluir
  6. Oii miga, mundo nao vai acabar não hehehehe
    adorei saber mais sobre as corujas, juro muito bom mesmo, eu adoro corujas, falta eu ter uma!! hehe
    E esse livro? Vou querer resenha, dizem que é ótimo!!!

    beijoss
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2012/11/resenha-amante-sombrio.html#comment-form

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será?! Será?! O.o
      Hahahahahahahahahaha....
      Sempre achei elas muito fofas! ^^

      Estou louca pra começar a ler!!
      Beijussss;

      Excluir
  7. Owwwwwwwwn meu Deus que post mais lindo! Eu amo corujas fiquei encantada com o seu post tá lindo demais amei, amei, amei! Parabéns! ♥
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho elas umas fofas!!
      Amei escrever esse pots! ^^

      Obrigada!! :D
      Beijussssss;

      Excluir
  8. Poxa, que post incrível, Helaina! Curti demais!!!
    Eu amo corujas por vários motivos. Primeiro por serem o símbolo do meu curso, Letras <3
    E também por causa de Harry Potter e por serem o símbolo da sabedoria. Eu já conhecia a maioria das coisas que você postou aqui porque teve uma época que eu era viciada demais (muuuito mais do que sou agora) por Harry Potter, e procurava em tudo que é lugar sobre toda a mitologia envolvendo a série. Tanto que a Minerva se chama Minerva por ser símbolo da sabedoria e inteligência :D

    Não conhecia da onde vinha a expressão "mãe coruja" mas achei super interessante!!!!! Tanto quanto o significado das corujas em diversos países!

    Lilith também aparece na série Instrumento Mortais (se eu não estiver confundindo os livros hahaha porque é bem capaz)

    aaah adorei as imagens que você selecionou e parabéns pelas novas aquisições *_*
    a corujinha é linda e o livro deve ser mara também!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época em que eu estava lendo Harry Potter também aprendi muitas coisas assim! ^^

      Esse site que eu encontrei, "Cultura Popular" tem a origem de muitas expressões como essa.

      Hahahahaha... bom, ainda não li, então a única Lilith que eu conheço é a da série Supernatural.

      Obrigada!! :D
      Espero que sim!!

      Beijussss;

      Excluir

Agradeço muito a sua visita! Deixe um comentário!
- Todos os comentários, sem exceção, são respondidos. Clique em "Notifique-me" e fique de olho.

- Atenção:
Ao comentar você concorda com as políticas de comentários do blog. Saiba mais: Políticas de Comentários.

Obs: Os comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...