fevereiro 01, 2011

O Melhor Ginecologista!

Uma mulher chega apavorada no consultório de seu ginecologista e diz:

- Doutor, o senhor terá que me ajudar num problema muito sério. Este meu bebê ainda não completou um ano e já estou grávida novamente. Não quero filhos em tão curto espaço de tempo, mas num espaço grande entre um e outro.

O médico então perguntou:

- Muito bem. O que a senhora quer que eu faça?

A mulher respondeu:
- Desejo interromper esta gravidez e conto com a sua ajuda.

O médico então pensou um pouco e depois de algum tempo em silêncio disse para a mulher:

- Acho que tenho um método melhor para solucionar o problema. E é menos perigoso para a senhora.

A mulher sorriu, acreditando que o médico aceitaria seu pedido. Ele então completou:

- Veja bem minha senhora, para não ter que ficar com dois bebês de uma vez, em tão curto espaço de tempo, vamos matar este que está em seus braços. Assim, a senhora poderá terá um período de descanso até o outro nascer. Se vamos matar, não há diferença entre um e outro. Até porque sacrificar este que a senhora tem nos braços é mais fácil, pois a senhora não correrá nenhum risco.

A mulher apavorou-se e disse:

- Não doutor! Que horror! Matar uma criança é um crime!

- Também acho minha senhora, mas me pareceu tão convencida disso, que por um momento pensei em ajudá-la.

O médico sorriu e, depois de algumas considerações, viu que a sua lição surtira efeito. Convenceu a mãe que não há menor diferença entre matar a criança que nasceu e matar uma ainda por nascer, mas já viva no seio materno.

Recebi este texto por e-mail sem a indicação de quem é o autor.

___
Em minha opinião o aborto nunca deve ser pensado como solução para uma gravidez, quanto mais uma indesejada. Em alguns casos como estupro ou bebês anencéfalos este é um recurso que pode ser levado em consideração, mas a decisão final só deve vir após muita reflexão. Existe um propósito pelo qual a camisinha foi inventada. Além de prevenir doenças sexualmente transmissíveis ela também serve como método contraceptivo. Contudo, o único método infalível contra as consequências oriundas de uma relação sexual é não praticá-la ! Caso resolva arriscar faça com toda a  maturidade e consciência necessária que o ato demanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço muito a sua visita! Deixe um comentário!
- Todos os comentários, sem exceção, são respondidos. Clique em "Notifique-me" e fique de olho.

- Atenção:
Ao comentar você concorda com as políticas de comentários do blog. Saiba mais: Políticas de Comentários.

Obs: Os comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...